Portais Portal do Aluno Portal do Professor Ouvidoria Ex Aluno


Projetos Sociais














Pastoral Universitária e Função da Universidade Católica

Pastoral Universitária é "toda atividade que oferece aos membros da própria Comunidade a ocasião de coordenar o estudo acadêmico e as atividades para-acadêmicas com os princípios religiosos e morais, integrando assim a vida com a fé. Ela concretiza a missão da Igreja na Universidade e faz parte integrante da sua atividade e da sua estrutura".

"É a presença ativa da Igreja na Universidade, por meio de grupos de alunos que trabalham na evangelização da própria Universidade, pretendendo, entre outros objetivos, transformá-la, de instrumento de domínio e de privilégio, em instrumento do Reino de Deus e, portanto, de justiça e de serviço".(CNBB. Evangelização e Pastoral da Universidade. Coleção Estudos, nº 56. São Paulo: Paulinas, 1988, p. 42).

Ao mesmo tempo em que ela deve respeitar a pluralidade dos dons – traduzidos nas convicções pessoais de seus membros – reclamando respeito à sua confissão de fé, constitui-se assim, realidade sacramental, a saber, sinal eficaz do Reinado de Deus". ("Carta de Princípios da ABESC" (1996), com base na Constituição Apostólica Ex Corde Ecclesiae, 1990, Recife: Unicap, 1996, nº 5a).

Assim sendo,
"a Universidade Católica tem o direito e o dever de promover a ação pastoral para todos os membros da comunidade universitária, como parte integrante e indispensável da vida e estrutura da Instituição, concretizando, nesta, a missão salvífica da Igreja". (Diretrizes e Normas para as Universidades Católicas-Documentos da CNBB, nº 64. Brasília: Paulinas, 2000, art.39).

"Esforçar-se-á para que, entre direção, professores, alunos e funcionários, se forme uma autêntica comunidade, animada pelo espírito cristão e unida pela comum consagração à verdade, pela aceitação do valor e dignidade da pessoa humana e pela igual aspiração à comunhão e ao serviço" (idem, art. 26).

Ainda,
"deverá garantir uma presença cristã no mundo universitário e estar atenta, para que tal presença seja um testemunho atuante na luta pela transformação das estruturas" (Cfr. nº 7; CNBB doc. 47, p. 112), para "servir a Deus e à família humana rumo àquele objetivo transcendente que dá significado à vida" (ECE 13) (ABESC, nº 6). "Valorizar a cultura, a formação da cidadania, a estrutura social, a situação econômica, os grupos não governamentais e a defesa dos direitos humanos" (nº 11).

"Afirmar prioridade da ética sobre a técnica, da primazia da pessoa humana sobre as coisas, a superioridade do espírito sobre a matéria; o saber unido à consciência (ECE 18)". "Ser solidária com as lutas contra a miséria crescente", "à violenta depredação do equilíbrio ecológico" e seu compromisso com o direito à vida e ao respeito à dignidade do ser humano" (idem, nº 12). "Realizar um projeto cristão de homem e, portanto, estar em diálogo vivo, contínuo e progressivo com o humanismo (...) de maneira que saiba ensinar a autêntica Sabedoria Cristã". (cfr. Santo Domingo, 268) [idem, nº 13].

"Desenvolver uma pedagogia libertadora (que) concebe a educação como construção coletiva, planejada, articulada, participativa e de promoção de valores éticos e cristãos, tendo em vista a formação de cidadãos capazes de contribuir para as transformações sociais" (cfr. ECE 33) [nº 14].

"A necessidade de construir o próprio destino e o desejo de encontrar razões para a existência podem colocar em movimento o desejo de se encontrar com outros e compartilhar o vivido, como maneira de dar a si uma resposta" (CELAM.Documento de Aparecida, pg. 35, nº 53).
"Mas a ênfase na experiência pessoal e no vivencial nos leva a considerar o testemunho como componente chave na vivência da Fé. Os fatos são valorizados quando são significativos para a pessoa. Na linguagem testemunhal podemos encontrar um ponto de contato com as pessoas que compõem a sociedade e delas entre si" (idem, nº 55).
Assim sendo,
"toda ação deve voltar-se para a formação integral das pessoas, numa comunidade autêntica, inspirada no espírito de Cristo" (cfr. ECE 33) [nº 16]. "Um fórum privilegiado para o diálogo (interdisciplinar, intergrupal, inter-regional...) e discernimento espiritual sobre culturas e sociedades, reforçando o papel humanizador" (nn. 17-18).

IDENTIDADE CRISTÃ DA UNIVERSIDADE CATÓLICA - FASM

No mundo pluralista e globalizante em que vivemos, as instituições necessitam definir sua identidade, pois, do contrário, correm o risco de fragmentar-se e diluir-se.
Enquanto instituição confessional católica a Faculdade Santa Marcelina-FASM faz do Evangelho de Cristo sua fonte inspiradora, consoante com o Magistério da Igreja e com o ideal de educação proposto pelo Fundador do Instituto das Irmãs de Santa Marcelina, o Beato Luigi Biraghi. Constituída pela comunidade de religiosas, professores, funcionários e alunos, tem sua identidade consignada em seu objetivo, que é promover o desenvolvimento científico-tecnológico, social, artístico, cultural e religioso da pessoa humana, tendo como referencial os valores cristãos, de modo a, como centro educativo superior Marcelino, promover a evangelização da cultura e das pessoas.

Objetivos Gerais

• Garantir, de forma permanente e institucional, o anúncio da mensagem de Cristo no mundo científico e cultural.

• Fomentar o diálogo entre razão e fé, Evangelho e as diversas culturas, e o diálogo ecumênico e inter-religioso.

• Contribuir para o conhecimento e aprofundamento do signi-ficado e valor da pessoa humana na relação consigo, com o outro e com Deus.

Objetivos específicos

a) Integrar o processo acadêmico dos estudantes com a dimensão humana, religiosa, moral e social, de modo a se tornarem competentes não só no seu setor profissional, mas também qualificados para o testemunho cristão.

b) Promover a formação humana e cristã dos membros da comunidade universitária mediante iniciativas pastorais - com o estudo das disciplinas antropológicas e teológicas - para garantir o legítimo lugar da Teologia no mundo da Ciência e da Cultura, em perspectiva ecumênica, fundamentada na fraternidade, na solidariedade, na justiça, no respeito, no amor e na esperança.

c) Favorecer o diálogo maduro entre fé e razão, de modo a gerar e aprofundar o compromisso ético e social para melhor responder às necessidades emergentes da atualidade.

d) Contribuir para o testemunho explícito da fé cristã, no exercício de suas atividades acadêmicas, oferecendo-lhes formação, momentos celebrativos e os meios para o seu crescimento espiritual.

e) Proporcionar a vivência de valores evangélicos em sintonia com a cultura e com o carisma Marcelino: espírito de família, respeito à vida, mentalidade ecológica, solidariedade com os pobres, a produção artística, como expressão da transcendência, e a educação para a cidadania.

PLANO DE AÇÃO

1. AULA MAGNA (Inaugural):
Pontuar os aspetos da filosofia da FASM, como instituição católica, na abertura do ano letivo.

2. PROJETO CONVIVER (Festa Junina):
Integrar os funcionários administrativos, professores e seus familiares em momento de lazer e entretenimento, para fortalecer a amizade e o "espírito de família marcelino".

3. PROJETO EXPOSIÇÕES:
Proporcionar às Comunidades de Perdizes e Itaquera acesso à Arte, com exposições de trabalhos realizados por alunos do Bacharelado em Artes Plásticas.

4. ALFABETIZAÇÃO DE ADULTOS:
A Contribuição social da FASM cumpre seu papel dentro e fora dela, desenvolvendo projetos e ações concretas de inserção social. Com o objetivo de promover a pessoa humana e inseri-la na realidade, possibilitando o exercício da cidadania, a alfabetização de adultos começou em 2007 para atender a necessidades de colaboradores não alfabetizados. As aulas são ministradas durante a semana com duração de duas horas.

5. PROJETO BOLSA DE ESTUDO (Sócio-econômica):
Promover a dignidade humana e a inclusão social através da educação superior.

6. PROJETO BOLSA TALENTO:
Atender e promover alunos talentosos em instrumentos de sopro e cordas; incrementar as habilitações do Curso de Música e fortalecer a ação social da FASM na comunidade.

7. PLANTÃO PSICOLÓGICO:
Proporcionar espaço de acolhimento a alunos, funcionários e comunidade educativa, oferecendo aconselhamento psicológico e identificação de recursos para o encaminhamento de dificuldades e potencialidades.

8. ESCUTA E ATENDIMENTO (Irmãs e Orientador Religioso):
Dispor de tempo para ouvir e acolher, compartilhar e criar relação de ajuda, em meio aos conflitos e perplexidades, angústias e esperanças.

9. ATENDIMENTO SOCIAL:
Averiguar e identificar as necessidades para indicar possíveis soluções como: aquisição de bolsa de estudo e estágio acadêmico.

10. CURSO DE INICIAÇÃO TEOLÓGICA (Introdução à Bíblia):
Aberto à Comunidade, visa ampliar a cultura geral, desenvolver habilidade para lidar com o universo simbólico da experiência religiosa; obter maior aptidão para o diálogo ecumênico e inter-religioso e redimensionar a indagação sobre o sentido da vida à luz da fé católica.

11. GRUPOS DE REFLEXÃO SEMANAL:
• Escola de Comunidade - professores e alunos
• Grupo de Funcionários
• Grupo de Leigos (as) Marcelinos (as)
Oportunizar momentos de estudo bíblico-doutrinário e troca de experiências para grupos específicos. Formação humano-espiritual dos Colaboradores.

12. REUNIÕES ESPIRITUAIS COM O CORPO DOCENTE
Refletir sobre temas relativos à espiritualidade e trocar experiências religiosas, com ênfase na fé cristã.

13. "KIT SALVAÇÃO"
A educação, bem como todos os cuidados com a pessoa humana, fazem parte do processo dinâmico da busca pela qualidade de vida, em todos os seus aspectos. O cuidado com a pessoa vai além do ensino acadêmico, pois o ser humano constitui relações que necessitam de um real entrosamento entre a fé, a preparação cultural e a experiência de Deus. Neste sentido, o anúncio da Boa Nova (Evangelho) se faz presente como forma de valorização da vida, e "alimento espiritual" para a caminhada, para solução de problemas que não podem ser resolvidos apenas com o esforço humano.
Para atender a necessidades de pessoas que procuram alívio e força espiritual, mensagens e objetos de devoção religiosa são oferecidos com a denominação de "Kit Salvação".

14. MURAL DE MENSAGENS:
Afixar cartazes e mensagens como estímulo visual para a interiorização de conteúdos espirituais.

15. CELEBRAÇÕES:
• Celebração Pascal
• Celebração de Natal
• Hora-Santa Eucarística semanal
• Celebração Eucarística semanal (Missas)
• Romarias
• Confraternização de Natal - professores e funcionários
• Formaturas
Marcar os momentos significativos da vida acadêmica com celebrações religiosas, para responder ao anseio de Transcendência, próprio do ser humano.

16. PASTORAL DOS SACRAMENTOS DE INICIAÇÃO CRISTÃ:
Batismo, Eucaristia e Reconciliação. Preparar os interessados, mediante catequese específica, para a vivência da fé e efetiva inserção na Igreja.

17. PROJETOS SOCIAIS - Núcleo de Ação Comunitária/NAC:
• Projeto "Alegria de Viver"
Oferecer aos alunos ocasiões em que possam contribuir para o resgate da auto-estima e valorização da vida de crianças, enfermos e idosos, através da arte e da música, em diversas instituições como: casas de repouso, centros sociais e hospitais.

• Acolhida aos Calouros - Trote Solidário
O Trote Solidário é uma forma de orientar e movimentar a comunidade acadêmica para a recepção dos Calouros de forma construtiva e solidária, mostrando-lhes valores e compromissos com a responsabilidade social. Na ocasião, os calouros são recepcionados com apresentações musicais. Materiais escolares ou alimentos não perecíveis são arrecadados para serem doados a comunidades carentes.

• Projeto Bibliotecas Comunitárias
Proporcionar o acesso à leitura para comunidades carentes em bairros periféricos.

• Projeto Música nas Comunidades
Levar apresentações musicais para diferentes comunidades carentes, através de apresentações didáticas.

• Projeto Música na FASM
Proprocionar a integração dos alunos dos diversos Cursos da FASM, de forma interativa.

• Projeto Arte e Terceira Idade
Resgatar a auto-estima de idosos através da Arte e artesanato com trabalhos manuais diversos.

• Semana da Saúde
Palestras de prevenção às drogas, doenças sexualmente transmissíveis, stress, depressão, anorexia, nutrição e outros cuidados com o corpo para uma vida saudável. Doação de sangue - Conscientizar sobre a importância da ação solidária para a promoção e co-responsabilidade da qualidade de vida.

• Palestras sobre Estágio
Aos alunos são oferecidas palestras e orientações necessárias para sua inserção no mercado de trabalho.

• Campanhas
• Campanha da Fraternidade
• Páscoa
• Cestas básicas
• Campanha do agasalho
• Campanha permanente do livro para bibliotecas de comunidades carentes
• Natal


• Comemorações
• Dia da Criança
• Dia das Mães
• Dia dos Professores
• Dia do Idoso
• Dia Internacional da Mulher


18. AÇÃO COMUNITÁRIA - Ensino, Pesquisa e Extensão:

• Projeto Livro Falado
Produzir "livros falados" (audiobooks) que abarquem os principais títulos e autores utilizados na formação de jovens universitários para atender pessoas portadoras de deficiência visual, na FASM e em outras Instituições.

• Coral Livre
Despertar o interesse pelo canto e realizá-lo de forma correta. Aprimorar a percepção musical e iniciação à musi-calização básica.

• Projeto Pesquisa de Iniciação Científica
Despertar a vocação investigativa e incentivar talentos potenciais dos alunos da graduação, introduzindo-os no exercício de método de pesquisa científica e artística.

• Disciplinas curriculares
• Antropologia Filosófica
• Temas de Cultura Contemporânea.
Proporcionar aos alunos uma reflexão humanística e cristã do sentido da vida que os ajude a ultrapassar a concepção niilista, relativista e reducionista da pessoa humana.

• Semana de Antropologia
Valorizar a produção reflexiva dos alunos em antologia de textos - "Diário Antropológico" - e expressões artísticas e culturais. O lançamento do "Diário Antropológico" se dá bienalmente na FASM - Perdizes.

• Seminários Culturais com professores
Integrar o corpo docente a partir da produção dos saberes, para fomentar a amizade, a fraternidade e a colaboração na ação pastoral.

• Projeto História da Arte para Funcionários
Despertar o gosto e o conhecimento pela Arte.

• Projetos Artísticos
Desenvolvidos pelos alunos do curso de Educação Artística em Instituições de educação formal e espaços culturais, em caráter de estágio acadêmico, visa integrar a Arte e a Educação à inclusão social.

• Auto de Natal
Uma ação conjunta, interdisciplinar e artística que tem como objetivo integrar os cursos de Artes Plásticas, Educação Artística, Moda, Música e Relações Internacionais da Faculdade Santa Marcelina.

Subir para o Topo da Página

Endereço Fasm